Erupções de Março de 1999

Etna, Sicília, Itália

2 de março de 1999

Enquanto que a atividade efusiva a partir da fissura originada em 4 de fevereiro continua por 26 dias, na manhã do dia 2 de março a cratera Bocca Nuova apresentou uma reativação na atividade de emissões de cinzas. Devido a ausência de ventos na região do cume do vulcão, a pluma de gases ascendeu majestosamente.

25 de março de 1999

A erupção no vulcão Etna que iniciou no dia 4 de fevereiro na cratera Sudeste está agora na sétima semana e não mostra sinais de arrefecimento. Lava continua a fluir pelo Valle del Bove, ainda que menor quantidade de lava é visível na superfície do que a duas semana atrás. Nenhuma atividade foi observada nas crateras Bocca Nuova e Voragine. Esta observação confirma que todo o magma que está ascendendo dentro do conduto central do sistema está atualmente sendo erupcionado a partir da fissura formado no dia 4 de fevereiro.

Fonte: Italy’s Volcanoes: The Cradle of Volcanology
 

Mt. Cameroon, África Ocidental

29 de março de 1999

O Monte Cameroon na África Ocidental começou uma nova erupção. Aparentemente a atividade vulcânica foi precedida por fortes terremotos, que começaram no dia 27 de março. No início da noite do dia 28, próximo às 21 h, uma erupção de flanco começou, acompanhada por uma abundante extrusão de lava. Esta atividade foi acompanhada por fortes sons de roncos no interior da montanha, que continuaram até o dia 29 de março. Uma proeminente nuvem de fumaça ascendeu acima do local da erupção. Informações indicam que dois fluxos de lava estão descendo os flancos do vulcão.

Fonte: Smithsonian Institution – Global Volcanism Program
 

Popocatépetl, México

18 de março de 1999

Na manhã do dia 18 de março, às 05 h e 31 min, ocorreu uma explosão moderadamente grande no vulcão Popocatépetl, que ejetou fragmentos incandescentes sobre os flancos leste e sudeste do vulcão em um raio estimado de 3 km. A explosão produziu uma pluma de cinzas com direção nordeste e sua fase mais intensa persistiu por um minuto e meio. Após a erupção uma série de pequenos eventos sísmicos foram registrados.

Fonte: CENAPRED – Centro Nacional de Prevención de Desastres

 

 

©2019 VULCANOtícias     -     Erupções | Vulcanologia | FotografiasFale Conosco

 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?